10 Essencial Itens to Pack for Iceland

ENG

What to take in your suitcase for a trip to Iceland, particularly with regard to clothing, depends largely on the time of year you visit the country. However, there are items that can be considered transversal to both major seasons: summer and winter.

Essentially, what may vary is the specific clothing you will need in the winter period. The key to withstanding the severe cold conditions, which most of us are not used to, is to wear several layers of clothing.

Many times the outside temperature does not correspond to the temperature you feel, since strong winds make the thermal sensation lower than what the thermometer marks, and a temperature of 9ºC can, in reality, can make you feel that you are in temperatures below 0ºC.

Keep in mind that it is extremely important to stay warm and dry to avoid discomfort and to avoid getting sick. Even if the trip takes place in the summer, you will visit waterfalls that will get you wet, so always have a change of clothes on hand in case you need to change something.

The basics/essentials for Iceland:

  • Documentation

If you are traveling from a Schengen Area country you will not need more than your normal ID. In case you are traveling from a country outside the Schengen area, you must present your passport. As with any trip, it is essential to present your boarding pass, either in digital or paper format.

Considering the context of the pandemic, and during the period when specific pandemic control rules are in place, you should find out what the requirements are for entering the country (https://reopen.europa.eu/pt). Please note that these rules are always changing and that you should consult the information frequently.

Be sure to take out travel insurance with trip cancellation coverage.

In case you rent a car, you must bring your driver’s license.

  • Basic Clothing

In addition to the clothing you can expect to bring, it is essential to bring basic cotton layers such as short and long sleeve t-shirts, waterproof jacket, windbreaker and bathing suit to enjoy the thermal pools.

Personally, I dispensed the jeans because it was too cold and opted for leggings.

  • Specific Clothes

Summer: hat or cap, sunglasses

Winter: rainproof jacket, thermal and waterproof inner layers, thermal and waterproof gloves, carded wool sweaters or sweatshirts, wool socks, wool caps and scarves

  • Footwear

Summer: appropriate hiking shoes that are light and waterproof, but have good grip on the ground

Winter: snow boots, preferably high boots that have good grip on the ground. You may also consider putting snow crampons in them, in case you decide to walk in areas with a lot of ice, as these help adherence and can avoid accidents.

  • Medication

Iceland is not exactly a country where there are issues in terms of contracting some strange and unwanted ailment, however, it is essential to take basic medication, such as: anti-inflammatory, antipyretic, anti-diarrheal, thermometer, and, not exactly medication, but following a wise advice I was once given, needle and thread, in case you get blisters on your feet as a result of long walks.

In addition, and if you take any specific medication, you should also take it with you.

  • Technology

We are all very dependent on technology these days, whether it is to stay connected to the world through social networks or to be able to orient ourselves geographically.

It is therefore essential that you carry your cell phone with you and have GPS installed on it. You can download maps to use offline, as there are a number of apps with this feature available.

In case you are going on a road trip, it is also important that you use your cell phone to check daily road conditions and weather apps. It can also be useful for checking the probability of seeing aurora borealis if you are traveling during the northern lights season.

And speaking of nothern lights, in case you want to photograph them, don’t forget to bring a tripod for your camera. Still on this subject, and considering that Iceland is a paradise for any photographer, don’t forget to bring a wide-angle lens, I guarantee you won’t regret it! And take plenty of memory cards, you’ll need them.

  • Money and Cards

The currency used is the Icelandic krona (ISK). I must confess that during the 12 days I was in the country I did not use cash, only cards. And why is that? Because everywhere you can pay with it, even to use the toilet.

You can use your credit card or, as in my case, opt to use Revolut (or some similar card). It always worked well everywhere and without paying transaction fees.

  • Reusable bottle / thermos

If the use of reusable bottles is increasingly necessary and common, on a trip to Iceland it is essential. The country is rich in running water of excellent quality for direct consumption, whether from the tap or from a river. Filling the bottle and heading on your way is the best option for those who want to save money and the environment.

For those who like the comfort of a warm tea after a long walk in the cold, a thermos is an option to consider.

  • Sunscreen

Iceland is “glued” to the Arctic polar circle and as it has low temperatures it is possible that many people neglect the use of sunscreen. Be sure to use sunscreen daily on exposed areas to avoid scalding, even in winter.

  • Small backpack with waterproof cover

So as not to go loaded down with too much junk, when you go on your hikes, take only the essential items. Don’t forget that the weather is volatile and at any moment it can rain or even snow, and as such, it is convenient that your backpack has a cover so as not to damage your belongings.


PT

O que levar na mala para a viagem à Islândia, nomeadamente no que diz respeito à roupa, depende bastante da época do ano em que se visita o país. No entanto há itens que podem ser considerados transversais às duas grandes estações do ano: verão e inverno.

Essencialmente, aquilo que pode variar é a roupa específica de que vão necessitar no período do inverno. O segredo para resistir às condições severas de frio, às quais a maioria de nós não está habituado, é vestir várias camadas de roupa.

Muitas vezes a temperatura exterior não corresponde à temperatura que se sente, já que os ventos fortes fazem com que a sensação térmica seja inferior ao que o termómetro marca, e uma temperatura de 9ºC pode, na realidade, fazer sentir que estamos em temperaturas abaixo de 0ºC.

Tenham em atenção que é extremamente importante manterem-se quentes e secos, para evitar desconforto e não adoecerem. Mesmo que a viagem se realize no verão, vão visitar quedas de água que vos vão deixar molhados, por isso, tenham sempre à mão uma muda de roupa para a eventualidade de terem que trocar alguma das peças.

Os básicos/essenciais para a Islândia:

  • Documentos

Se viajarem a partir de um país do Espaço Schengen não vão necessitar de mais do que a vossa identificação normal.

No caso de viajarem a partir de um país de fora do Espaço Schengen, têm que apresentar passaporte. Tal como em qualquer viagem é essencial a apresentação do cartão de embarque, seja em formato digital, ou em papel.

Considerando a conjuntura da pandemia, e durante o período em que vigorem regras específicas de controlo da mesma, devem informar-se de quais são os requisitos para entrar no país (https://reopen.europa.eu/pt). Notem que estas regras estão sempre a mudar e que devem consultar a informação frequentemente.

Certifiquem-se de fazer um seguro de viagem com cobertura de cancelamento de viagem.

No caso de alugarem carro, devem levar a carta de condução.

  • Roupa básica

Para além da roupa que é expectável levarem, é essencial levarem camadas básicas de algodão, como sejam t-shirts de manga curta e comprida, casaco impermeável, corta-vento e fato de banho para usufruírem das piscinas termais. Eu dispensei as calças de ganga por serem muito frias e optei por leggings.

  • Roupa específica

Verão: chapéu ou boné, óculos de sol

Inverno: casaco resistente para a chuva, camadas interiores térmicas e impermeáveis, luvas térmicas e impermeáveis, camisolas de lã ou sweatshirts cardadas, meias de lã, gorros e cachecóis

  • Calçado

Verão: calçado apropriado para caminhadas, que seja leve e impermeável, mas tenha boa aderência ao solo

Inverno: botas de neve, preferencialmente de cano subido, que tenham boa aderência ao solo. Podem considerar também colocar nas mesmas os grampos próprios para a neve, caso decidam caminhar em zonas com muito gelo, já que estes ajudam à aderência e podem evitar acidentes.

  • Medicação

A Islândia não é propriamente um país onde haja problemas ao nível de contrair alguma maleita estranha e indesejada, no entanto, é essencial levarem os básicos de medicação, como sejam: anti-inflamatório, antipirético, antidiarreico, termómetro e, não sendo exatamente medicação, mas seguindo um conselho sábio que uma vez me deram, agulha e linha, para o caso de fazerem bolhas nos pés como consequência das longas caminhadas.

Para além disso, e se tomarem alguma medicação específica, devem também fazer-se acompanhar da mesma.

  • Tecnologia

Nos dias que correm todos somos bastante dependentes da tecnologia, seja para estarmos ligados ao mundo através das redes sociais, seja para conseguirmos orientar-nos geograficamente.

É assim essencial que levem convosco o telemóvel e que tenham GPS instalado no mesmo. Podem fazer download de mapas para usarem offline, já que há uma serie de apps com esta funcionalidade disponível.

No caso de irem fazer road trip, é também importante que usem o telemóvel para consultar diariamente as apps com as condições das estradas e as condições meteorológicas. Podem também ser útil para verificar a probabilidade de verem auroras boreais, caso viajem na época delas.

E falando em auroras boreais, para o caso de as quererem fotografar, não se esqueçam de levar tripé para a máquina fotográfica.

Ainda nesta temática, e considerando que a Islândia é o paraíso para qualquer fotógrafo, não deixem de levar uma lente grande angular, garanto-vos que não se vão arrepender! E levem cartões de memória com fartura, vão precisar.

  • Dinheiro e cartões

A moeda utilizada é a coroa islandesa (ISK). Devo confessar que durante os 12 dias que estive no país não usei numerário, apenas cartão. E isto porquê? Porque em todo o lado é possível efetuar pagamentos com o mesmo, até para utilizar o wc. Podem utilizar o vosso cartão de crédito ou, como no meu caso, optar por usar o Revolut (ou algum cartão similar). Funcionou sempre bem em todo o lado e sem pagamento de taxas de transações.

  • Garrafa reutilizável / termo

Se a utilização de garrafas reutilizáveis é cada vez mais necessária e comum, numa viagem à Islândia é essencial. O país é rico em água corrente de excelente qualidade para consumo direto, quer seja da torneira, quer seja de um rio.

Encher a garrafa e seguir caminho é a melhor opção para quem quer poupar dinheiro e o meio ambiente.

Para quem gosta do conforto de um chá quentinho, depois de uma caminhada longa ao frio, um termo é uma opção a considerar.

  • Protetor solar

A Islândia está “colada” ao círculo polar Ártico e como tem temperaturas baixas é possível que muitos descurem a utilização de protetor. Não deixem de colocar diariamente o protetor nas áreas expostas para evitarem escaldões, mesmo no inverno.

  • Mochila pequena com capa impermeável

Para não irem carregados com muita tralha, quando vão fazer as vossas caminhadas, levem apenas os itens essenciais. Não se esqueçam de que o clima é volátil e a qualquer momento pode chover ou até nevar, e como tal, é conveniente que a mochila tenha capa para não danificar os vossos bens.

Leave a Reply

%d bloggers like this: